A luz dos teus olhos

Houve um tempo em que só havia trevas. Houve um tempo em que eu não sabia mais o que era real ou algo inventado pela minha consciência pesada. Houve um tempo em que o Eu, passou a não existir.

Nesse tempo, vaguei sem rumo feito um espírito sem luz, a procura de qualquer que fosse, nem que fosse a luz de uma vela, para que eu encontrasse meu caminho novamente. Não obtive sucesso, e me perdi ainda mais.

Foi quando encontrei a luz dos teus olhos, que vieram como dois faróis iluminando cada canto da minha alma, me tirando do limbo onde eu mergulhei fundo tentando me encontrar. Eu pude nadar de volta para a costa dos meus próprios pensamentos.

Eu levantei, e quando eu caminhei ao seu encontro, você não estava lá. Como uma doce miragem você se foi quando eu já estava mais forte, deixando vazio o espaço que você me transbordava, me fazendo entender, a duras penas, que eu estava cheia de mim novamente.

O sentimento que me transbordava faz falta, mas depois de tanto tempo eu entendi que minha alma é cheia da minha própria luz que eu passei a não enxergar. Ela me cegava por ser forte demais.

Share:

1 comentários

  1. Eiiiiitchaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!!
    Que forte !!!!
    Que bom que essa pessoa ao menos passou para te lembrar que a luz que você procurava já estava em você!

    Beijos!

    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir