Blogs Up | O que 2018 me reserva?

1/23/2018

Eu tenho muitos planos para 2018. Tudo bem, eu já esqueci minhas metas, confesso... Mas não estava me referindo a elas. Bem, me vejo estagnada no mesmo lugar a quase quatro anos se não me engano, acho que isso precisa mudar.

Eu passei a me acomodar com o rumo com que os problemas me levavam. Eu não reclamava mais. Aliás, não reclamo. O que antes eu debatia, questionava me faz esconder pra eu não ter que conflito. Não conflito mais, eu aceito as coisas como são e pronto, sem mais.

Me acomodei de um jeito tão estranho que até para fazer as coisas de um jeito diferente é difícil,  até a coisa mais mundana... 90% do tempo me sinto uma idiota por isso pois as coisas em modo automático e em sua maioria, não saem com o esmero que sairiam antes.

Claro, as circunstâncias hoje são outras e eu não acomodei do dia pra noite. Digamos que eu tenha dançado conforme a música. Não estou justificando meus atos muito menos dizendo que estou certa, pois não estou. Mas também não vou conseguir ser como a ter do dia pra noite também. 

Creio que 2018 será um ano onde as coisas vão finalmente começar a se encaixar, fazer sentido. Vi que muitas pessoas colocaram suas "casas" em ordem em 2017 - o que  não foi, literalmente, o meu caso ; minha "casa" começará a ser posta em ordem e, creio que 2018 as coisas começaram a fluir positivamente pra mim.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oie linda, parabéns por ver que isso não estava legal e estava te ferindo. Ano passado eu fiz o que eu chamo do PROJETO EU-GOÍSMO. E foi bem isso mesmo de arrumar a casa. Eu estava cansada de me sacrificar por tudo e todos, e no final me encontrada sempre drenada. Sucesso no seu projeto! Esse ano 2018 me reserva TEMPERANÇA. É o que vou buscar. Aparar as arestas e implementar o que está faltando. Adorei sua partilha pessoal!

    Beijos!

    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mudança nunca é fácil e não vem do dia pra noite. Mas estou disposta a mudar aos poucos até que essas mudanças se tornem notáveis. Obrigada pela visita!

      Excluir

Subscribe