Faz anos-luz que eu não participo de nenhum projeto do do melhor grupo de interação do Facebook (e nem é porque eu sou moderadora). A coisa está punk para o meu lado, vários problemas emocionais e psicológicos (todos, claro, diagnosticados após uma árdua pesquisa ao Google), e confesso que deixar o grupo de lado está me deixando mal.

Mas fazer tudo sozinha está complicado: projetos para elaborar, interações para postar no grupo, arte dos projetos para editar... Alguma coisa iria sair do eixo e saiu. Estou trabalhando para afastar essa nuvem negra e voltar a focar no que realmente importa.

Os projetos saíram meia-bomba esse mês, mas no próximo acho que tudo estará normalizado... Ou não. Mas enquanto não defino isso, vou deixar aqui minha participação no Top 7 desse mês: 7 palavras que me definem.

Lancei num grupo de amigos no Whatsapp quais eram, nas opiniões deles, as 7 palavras que me definiam e saíram: ironia, fome, maquiagem, glitter, vermelho, pit bull e ciúmes. Nesse exato momento estou numa pequena discussão em minha própria defesa sobre o Ciúmes, mas vou perder vergonhosamente pois é a mais pura verdade.

Explicando melhor essas calúnias:
  • Ironia: nem sou tão irônica assim.... Okay, eu sou. Mas juro que é involuntário.
  • Fome: confundo tudo com fome... Ansiedade com fome, tristeza com fome, felicidade com fome...
  • Maquiagem: acho que esse item dispensa quaisquer explicação.
  • Glitter: realmente, adoro um brilho. Minha maior felicidade é sair montada na rua, seja dia ou noite!
  • Vermelho: pois tenho vários esmaltes vermelhos e grande maioria dos meus batons são de tons avermelhados... Russian Red é o meu vermelho da MAC ❤.
  • Pit bull:  eu tenho simplesmente uma adoração por essa raça. Tenho uma no quintal que mais parece um boi de tão grande e completamente louca!
  • Ciúmes: em minha defesa, eu digo: quem ama cuida!
Meus amigos me definem assim. Okay, eu sou um pouco assim... Eu me definiria de outro jeito, não com palavras e sim com frases, do tipo (isso vai soar um pouco ofensivo):
  • Foda-se: vocês não sabe o quão libertador pode ser um foda-se. Tudo na vida muda, menos o sentido dessa expressão fantástica que pode resumir qualquer coisa na minha vida.
  • "Enfiar o dedo no cu e rasgar, ninguém quer.": essa é outra que eu tenho falado ultimamente. Principalmente quando as coisas começam a dar errado por motivos universais.
  • "Eu avisei": essa frase é praticamente orgástica para mim. Na maioria das vezes em que me pedem conselhos, as pessoas não gostam do que eu digo (porque eu não falo o que elas querem ouvir) e nunca fazem o que eu falei. Consequência? A coisa desanda e eu ganho a oportunidade de falar essa frase linda e deixar a pessoa morrendo de ódio.
  • "Manda tomar no cu.": outra frase que eu adoro e que é cheia de significados. Quando você já está de saco cheio da pessoa, e ela não se tocou disso... Encha a boca e deixe essa frase fluir, é libertador.
  • "Manda sentar no colo do tio Lú": essa tem significado semelhante à frase acima, porém, o tio em questão é Lúcifer. Um jeito carinhoso de mandar a pessoa pro inferno.
  • "Se fodeu": outra frase que eu adoro dizer quando a pessoa faz o contrário do que eu disse, ou quando eu digo que vai dar errado e a pessoa faz assim mesmo.
  • "Ah, que se foda!": digo muito isso quando estou de saco extremamente cheio. É meio que uma válvula de escape... Um peso tirado dos ombros.
Como vocês podem ver, só frases saudáveis, que a família tradicional brasileira aprovaria e que pode passar na novela das 9 no horário nobre da Globo. O coice é de cavalo mas o coração é de mocinha, eu juro ❤.



4 Comentários

  1. Pelo pouco tempo que te conheço é estranho eu concordar com tudo isso? Hahaha,ah Lihzita,você é um amorzinho,só que realmente tem gente que abusa né,mas liga não que a gente te ama de qualquer jeito ;)
    Beijossss ^.^

    ResponderExcluir
  2. "Ah, que se foda!" acho que é definição da humanidade. Acho que vou fazer esse tema também rs

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que essa frase (se é que posso chama-la assim), é muito mais uma expressão do que um xingamento... "Ah! Que se foda!" hahahaha

      Excluir