2° aula: Limpeza de pele

Olá mulherada! A aula semana passada foi de Limpeza de pele e, foi muito legal ver a mulherada colocando a mão na massa, super interessadas em aprender tudo desse mundo colorido da maquiagem. Isso me dá um super gás, um ânimo a mais pra fazer as coisas!

Existem duas maneiras de começar o processo de limpeza: com a retirada da maquiagem antes ou não. O que difere o processo de limpeza será se a pessoa estiver com algum tipo de maquiagem. Se sim, você precisará remover essa maquiagem antes de iniciar realmente o processo de limpeza.

Mas Lihz, como eu faço isso? Elementar minha cara leitora ou meu caro leitor: para maquiagem dos olhos e lábios (onde costumamos aplicar maquiagem a prova d'água para que dure por longas horas) o indicado é um demaquilante bifásico. Como identificar o demaquilante bifásico: no frasco vem metade óleo e metade "água". 

Já nas outras áreas do rosto (inclusive onde você aplicou o demaquilante bifásico) você aplica o demaquilante normal. Mas Lihz, por que eu tenho que passar o demaquilante normal nas áreas em que eu passei o demaquilante bifásico? Porque o demaquilante bifásico possui 50% de óleo na composição, então ele acaba deixando a área oleosa, engordurada. Se a pessoa tem pele oleosa, isso é uma bomba pro rosto dela explodir numa espinha gigante #terror.

Bem, passado os demaquilantes (bifásico e normal) vem a hora do fluido de limpeza. Ele pode ser com ou sem enxágue, sendo que o sem enxágue é mais prático (mas nada me tira a sensação de limpeza do sabonete!). Ele você aplica com um algodão: umedece o algodão no produto e aplica em todo o rosto. Você também pode separar o rosto por "setores": começando pela testa e têmporas, depois nariz e bochechas e por último boca, queixo e mandíbula. Não se esqueça do pescoço!

Entra a vez do tônico. Pra que serve o tônico? Depende do tipo de pele. Se a pele for oleosa ou mista (oleosa na zona T e normal/seca no estou do rosto) deve-se usar um tônico adstringente somente na zona T (testa, nariz e queixo), afinal, se você passar nas áreas do rosto onde não é indicado, pode ocorrer ressecamento excessivo, e o nosso foco é melhorar e não destruir!

Também temos o a loção tônico que que indicado para as peles mais secas. Esse tônico tem o poder de o poder de abrir os poros dessa pele seca  (que são praticamente lacrados impedindo a saída da oleosidade natural da pele) e equilibrando o PH natural da pele.

Agora é a hora do hidratante entrar em campo! Se por acaso você encontrar uma pele do tipo normal (aquela que tem poros e hidratação na medidas certas, ajoelhe e agradeça a Deus!) você não precisa fazer nada! Mas vamos fingir que não é seu caso, e que sua cliente tem pele oleosa/mista: você não poderá aplicar qualquer tipo de creme hidratante. O mais indicado é com formulação gel-creme ou creme-gel (lembrando que a palavra que vem na frente, é a que tem maior quantidade no produto; gel-creme tem mais gel do que creme e creme-gel tem mais creme do que gel na composição).

Já o último porém,  não último passo da limpeza de pele, vem a vez do protetor solar. Todas nós sabemos que o protetor solar é indispensável nos dias de hoje, mas caso você vá maquiar alguém para algum evento noturno, você pode substituir o protetor por produtos que possuam fator de proteção. A luz artificial influência nessa questão da proteção, Mas em comparação ao sol, ela tem um por muito menor de interferência na pele.



Share This Article:

CONVERSATION

0 comentários :

Postar um comentário