Eu sinto muita falta do espírito natalino de quando eu era feliz. A vida adulta não é um mar de rosas que as crianças imaginam, de fato. Mas quando você sabe lidar, fica tudo mais fácil... Menos o meu natal, que é sempre destruído.

Incrível conforme vamos crescendo, a magia vai se esvaindo como areia nas mãos. Conforme crescemos, vemos que nossos heróis não passam de mentiras afiadas como facas afiadas, que no menor vacilo vem como balas diretamente pro coração.

Costumávamos ser tão felizes. Mas você mudou com o tempo... Normal, todos mudamos com o tempo, mas não você. Você se transformou numa pessoa que eu sequer consigo olhar diretamente nos dias de hoje. Muitas brigas, discussões por absolutamente nada... E o que é pior, você está sempre certo.

Você sempre tentou ser uma pessoa "moderna", "atual"... Mas você não é. Pra você, por mais que você negue, mulher foi feita para ficar em casa, cuidar dos filhos e do marido... Assim como a sua mãe foi para o seu pai. E o que é mais irônico: eu não fui criada assim.

Porque você acha que a sua mulher não pode trabalhar? Você acha que só porque ela trabalha (que você diz que foi por opção da mesma) ela tem obrigação de cuidar da casa? Como você mesmo disse hoje: "Eu sou o chefe da família, eu tenho que trazer dinheiro pra dentro de casa". Nossa isso soa como se ela estivesse lhe devolvendo esse favor.

Como eu disse lá em cima, eu não fui criada assim. E você mesmo me disse isso hoje. Que engraçado, né? Ela diz que minha personalidade é igual a sua (e de fato é mesmo), mas eu tenho muito orgulho de ser independente como ela. 

Você me ensinou muita coisa. Me ensinou a amar incondicionalmente, a manter as pessoas que nós amamos por perto. Me ensinou a pintar, fazer massa, chapiscar paredes e "bater lajes" justamente pra eu não depender de ninguém para fazer isso, pra ela ter que depender justamente de você?

Hoje em dia você reclama de coisas absurdas como "ela não cozinha pra mim" ou "as roupas estão no varal há quatro dias". "Ela como dona da casa é uma inútil" ou "você quer que eu vista uma saia, e faça as coisas dentro de casa? Isso é obrigação dela!".

Obrigação dela porque? Não sabia que ela havia assinado um contrato nupcial dizendo que ela teria que agir como uma empregada pra você. Quer comida todos os dias? Faça. A casa está suja? Limpe. É muito fácil apontar o dedo na cara dela, quando você passa o dia inteiro no quarto assistindo filme e bebendo.

Mas não, você está sempre certo, pois você é o chefe da casa. Ninguém liga pra você, ninguém te escuta, pois pra elas, você está sempre errado. E quando você ironicamente pede desculpas, é como se estivesse falando "foda-se você, eu estou certo e ponto final."

Você diz que não é valorizado, mas não valorizou quem estava na sua casa, quando foi procurar outra na rua. De fato, você deve ter ido procurar alguém que fosse do seu nível, já que a que você tem dentro de casa está lutando pra crescer. Você deve ter se sentindo inferiorizado, pois de fato você é inferior.

Mas com certeza o fato da sua mulher não fazer as coisas como você acha que devem ser feitas é um ótimo motivo para procurar outras, né? É a desculpa perfeita. Seria tão perfeita se ela não trabalhasse e ficasse coçando o saco (como você atualmente faz) em casa. Pois você está certo e ela, errada.

"A grama do vizinho é sempre mais verde" é o que diz o ditado. De fato é, pois VOCÊ não regou o seu direito. A flor que você plantou em 1992 e cuidou tanto durante 23 anos morreu por pura burrice e ignorância sua. Descanse em paz.

Deixe um comentário