Eu tinha uma amizade linda... Tinha tudo para durar anos. Até ela trocar os amigos pelo namorado.

Confesso que sou uma pessoa difícil de lidar... Bem difícil de lidar, diga-se de passagem. Eramos em 3, quase que inseparáveis. Eu sou uma pessoa ciumenta, confesso, não gosto de dividir ninguém. Mas e quando o ser humano entra numa "fase ruim" da vida, onde ela passa a dar prioridades ao sexo sem limite nem escrúpulos e esquece que o corpo é o maior prejudicado?

Eu como amiga, tenho por obrigação de falar, orientar e, se a pessoa não ouvir, dar um tapa na cara para ver se acorda pra vida. Pois bem, me arrependo de não ter dado o tapa. Ouvi da amiga que eu mais gostava "meus amigos de balada valem mais do que você". Sério mesmo? 

Eu estava perto nos momentos felizes e nos tristes. Eu estava SEMPRE por perto, e é assim que me agradece? Eu não tenho culpa se a pessoa não sabe lidar com a própria baixa-estima, e que desconta tudo isso oferecendo o próprio corpo como alimento para satisfazer o apetite sexual alheio.

Eu não acho isso certo, pelo contrário. Por mais que as mulheres têm que ter os mesmo direitos, ainda somos tachadas de "santas" para baixo. Se você ou qualquer outra mulher quiser transar com 5, 10, 20 caras num dia, transe. Mas pra isso, não é necessário agir como uma puta.

Aliás, foi isso que eu disse... Porque sou amiga. Ou era. Disse pra ela começar a cobrar, afinal de contas, sabonete vaginal custa dinheiro. E já que o corpo está sendo usado como alimento para o apetite sexual alheio (mas ela dizia que "se os homens podem, eu também posso") que cobre pelo menos por que absorvente também não se compra sozinho.

Mas a pessoa se ofendeu, e eu não entendi até hoje o porque. Se você está agindo de tal forma, o que espera que seu amigo faça? Te aplauda? Isso, quem vai fazer são seus amigos de balada, não eu. Esqueci de mencionar que, eu sempre disse "não vou passar a mão na sua cabeça". E eu não passei.

É engraçado como tudo o que lhe falei a um ano atrás está se concretizando... E como você está ficando sem meios para "puxar assunto"... Numa tentativa efetivamente frustrada, pois você, melhor do que outros amigos meus, sabe que eu não volto atrás no que decido. 

Você, me deu ótimos motivos para continuar frequentando sua casa, adoro seus pais e sua irmã. Mas você também me deu um ótimo motivo para desconfiar do ser humano, principalmente quando esse ser humano começa a namorar, ou demonstra ter mente fraca pras coisas (e você minha cara, demonstrou aptidão exemplar para esses dois).

Deixe um comentário