Recomeço

Nem sei por onde começar. Foram tantos tropeços e quedas esse ano... Só esse ano.

Desistir numa faculdade pública porque não é o que você quer não é fácil. Principalmente quando seu pai aposta nesse diploma.

Três anos depois, não sei se foi coragem ou saco cheio de uma matéria que não me atraía em nada: Turismo. Eu não tenho vocação para isso.

Depois de dois surtos e crises de choro dentro de um ônibus turístico e um quase surto num museu alguns meses depois, descobri que isso não era pra mim.

Depois de uma conversa longa com meu pai (foco principal da minha decisão) e muitas lágrimas, ele entendeu.

Creio que não tenha aceitado de imediato, e que tenha demorado para aceitar a ideia. Afinal, quem é louco de desistir de uma faculdade pública?

Vestibular marcado. Minha própria consciência me pressionando e dizendo "você tem que passar". Minha mãe, presente em todos os momentos, me trouxe a paz que eu tanto busquei naquela hora.

Meu pai, talvez por nervoso, não me deu boa sorte. Senti muita falta disso. Fiquei insegura, mesmo assim não fraquejei, pois ele me ensinou a ter força.

Após ter realizado a prova, a tensão. Os dias passaram como anos... Demora para sair o resultado era agoniante.

Eis q chega uma mensagem no meu celular:" Thalita você passou em nosso processo seletivo." Desfrutei de um sentimento único, uma sensação boa tomou conta de mim. Meu dever foi cumprido.

Matéria escrita por Lihz Stos

Share This Article:

CONVERSATION

1 comentários :

  1. Que lindo! São tantos sentimentos que a gente passa nessa vida né? Que bom que deu tudo certo! bjssss
    http://dicasdrishop.blogspot.com.br

    ResponderExcluir