Eis que fui na Beauty Fair, maior feira de cosméticos e afins! Gente, eu nunca tinha ido numa feira assim, só fui nas feiras relacionadas com turismo e hotelaria, ouceje, essa feria foi uma total novidade para a minha pessoa!
Laudicéia e eu (tentando comer a credencial)
Gente, o espaço é MUITO GRANDE! O evento aconteceu lá no Expo Center Norte, em São Paulo e a estrutura é gigantesca! A grande maioria dos stands (pelo menos o que eu pude notar) eram voltados para cabeleireiros.
Vanessa (com o celular nas tetas) e eu - depois de acordaR as 4h10 da manhã e ficar quase 3h no ônibus 
Porém o evento foi divido por cor, onde cada cor, indicada um setor diferente. Isso ajudou muito nora hora de identificar a direção dos stands, porém achei o mata muito complicado de se entender, pois haviam as ruas indicadas por letras e números. 

O melhor horário para ir a feira é de manhã mesmo, quando tem menos movimento, pois depois do almoço, minha querida(o) leitora ou leitor, aquilo vira um inferno e, como o povo tem uma educação extrema, se deixar eles levam sua dignidade quando passam por você.
Acreditem: nessa foto o evento estava vazio!
Agora vamos falar dos stands. Como eu disse lá em cima, a maioria era relacionado a cabelo, mas pude ir em 3 stands para conferir as novidades: Vult, Dailus e Salon Line. Preciso dizer que o stand da Dailus estava a coisa mais linda! 

Foi todo inspirado em contos de fadas, tinha um painel enorme com paisagem de floresta encantada, dentro do espaço digital (que vou explicar a seguir o que é) foi todo decorado com o tema, balanço decorado, árvore cenográfica, tudo muito bonito!

Tudo remetia ao tema encantado
Juro que queria um copo desses!
O que a Dailus  tinha de encantado, a Vult tinha de moderno. com música ao vivo, a estrutura foi toda inspirada na música: as vitrines, a coleção e roupa das moças que trabalharam para a marca. Eu disse que as vitrines estavam decoradas com o tema música? Vitrolas, miniaturas de guitarras e violões, notas musicais... Estava lindo!
Será que eu quero essa paleta nude: Sim ou claro?!
Quero essa decoração já! 
Já a Salon Line, veio com uma caralhada enxurrada de produtos para nós cacheadas. Entre eles está a Maionese capilar, Shampoo Bomba liberado para a técnica Low Poo e óleo de umectação. Mas vocês só vão saber dos detalhes de cada lançamento nos próximos posts, porque eu sou má!

P.S.: o post ficou gigante, mas foi escrito com amor. Esse post demorou pra sair, pois queria escrever algo realmente pessoal sobre minha opinião nos stands visitados, queria algo realmente profundo e não esses posts superficiais que li. #prontofaleitôleve

Quando eu achei que nada mais seria possível., me deparei com o Non-touring. Mas quer caralho diabos é isso?  A tia explica. Non-touring é a nova sensação em contorno, mas como sugere o título,  ele não é bem um contorno... Como pode?

É isso mesmo, produção. Um contorno que não é contorno. A técnica é baseada apenas e um único produto, o iluminador. Mas nessa técnica você não sai aplicando iluminador em todo o rosto como no Strobing.

O princípio dessa técnica é escolher a parte do rosto que você quer destacar e aplicar o iluminador em pó  (se passar o batom cintilante vira Chroming), e está pronto seu Non-touring, acho que essa é a técnica mais fácil até agora! Claro que isso, foi baseado em artigos que eu li.

Consiste numa maquiagem iluminada para o Verão, onde o rosto fica com um iluminado natural, nem matte nem cheio de pó iluminador. Um look fresh, fresco, saudável e natural - além de leve. Se ficar com aparência pesada, você está fazendo errado!


Non-touring: The Contouring but not contoured. What?

Yes, there is. When you think you finally got the right way to do it, it comes another like a hurricane. After Strobing and Chroming now we have Non-touring - deal with that. If you didn't learned the others stay happy now: this technique is so much easier than techniques before.

It is consists in a "fresh and clean" contour, that you need come close to see something. You just need choose where you want lights on: in this technique you will choose a one single area to accent (cheekbones, bow cupid, center of forehead).

I think this is the easiest technique I ever met nowadays because you only need a highlight and anything else and anybody can do it easily. Do you ever try this technique? Tell me everything about it!

Finalmente, comprei o esmalte spray da Impala! Deu sabe o quanto eu perturbei as moças que trabalham na Della Cosméticos para saber quando que chegaria! Conversando com elas, uma das moças disse que a durabilidade não era lá essas coisas... Preciso dizer que desanimei?

Por outro lado, uma outra moça disse que esse vinha com um 2 em 1: uma base que servia tanto como base e extra brilho. Esperei e comprei o bendito: são 6 cores ao todo (prata, preto, pink, azul, roxo e branco) e cada latinha de spray vem com seu verniz 2 em 1.

A aplicação é deveras prática, porém requer um pouco de habilidade. Digo isso, pois quando fui aplicar nas minhas unhas foi spray pra todo lado! O importante é que você primeiro proteja a superfície onde você irá apoiar as mãos.

Eu cobri com uma toalha preta (pois fiz na mesinha do computador mesmo) e apliquei o verniz como uma base. Apliquei o produto a uma cerca distância das unhas para que o produto não fique com bolhas com movimentos contínuos. Espero a tinta secar e aplique mais uma demão de verniz. Espere o verniz secar (se quiser, pode aplicar um esmalte secante ou spray secante), lave com água e sabão o excesso de spray dos dedos e vòila: unhas feitas quase sem esforço!

Já usou o esmalte em spray? Me conta como foi a experiência!

Spray nail polish by Impala
Hey! A couple months ago I saw that spray nailpolish was the brand new technology about manicure. The application is fast and easy: spray it on nails, let them dry and wash off to remove excess. 

After Helmer's glue technique (find out here), spray polish promises help  homie manicures to get perfect nails easily. Well, not that easy. It requires a little hand hability of using the spray bottle.

In brazilian version from Impala, it comes a spray polish and a 2-in-1 top coat. First you do your manicure as you used to and apply one layer of 2-in-1 top coat (it comes together with spray polish).

Put a tower to protect the area that you going to use. Apply the spray on your nails keeping some distance between the spray of your nail. If was necessary, apply two more layers.

After the spray application aply another layer of de 2-in-1 top coat and let it dry a few minutes. After completely dryness wash off the excess around the fingers, a little complicated, huh? After some use you will got ir easily! 


Já que eu tenho que listar produtos caseiros que salvam a vida, vou falar dos produtos que salvam a vida de nós mulheres.  E como o blog trata sobre a beleza feminina, vos trago os produtos caseiros que salvam a vida de nós mulheres!

Ser mulher não é tarefa fácil, principalmente nos dias de hoje em que temos que cuidar dos filhos, casa, emprego e ainda aguentar o marido enchendo o saco… Mas mesmo assim não podemos nos esquecer, nunca!

Então vamos  nossa lista:

  1. Bicarbonato de sódio e vinagre: pode parecer estranho, mas eles podem te salvar na hora em que o Shampoo acaba. Isso porque o bicarbonato tem um alto poder de limpeza e o vinagre entra como um condicionador, equilibrando o PH do cabelo.
  2. Babosa: eu acho que toda mulher deveria ter essa planta em casa! A babosa  (ou aloe vera) é um hidratante poderosíssimo para o cabelo.
  3. Folha de Arnica: está aí, outra coisa que toda mulher deveria ter em casa! A folha de arnica é um cicatrizante poderoso, ótimo para colocar no joelho ralado do filho ou até mesmo usar na hidratação dos cabelos.
  4. Café: além de ser um complemento no seu lanche da tarde, ele é um ótimo esfoliante, assim como a aveia também é. É natural, não agride o meio ambiente (pois a maioria dos cremes esfoliantes possuem micro plásticos que geram grandes problemas na natureza) e deixa sua pele macia feito bumbum de bebê.
  5. Frutas e legumes: além de saciarem a fome, elas são ótimas para aplicar na pele como máscaras caseiras. Cada fruta/legume tem uma função diferente, afinal, quem nunca fez uma máscara de pepino para pele oleosa?!
Manter-se bonita é mais fácil do que se imagina. Agora não tem mais desculpa ter sair por aí mal arrumada!




Se tem uma coisa que eu seja louca (além de ser louca por maquiagem) são livros. Quando me interesso pela história, devoro capítulo por capítulo e sofro horrores quando o livro acaba. Fico me sentindo meio orfão, sabe?

A vida perde o sentido e, até você se acostumar a vida sem a adrenalina da história é muito complicado! E quando você se apaixona pelo personagem!? Seja na forma amorosa quanto na forma admirativa (essa palavra existe?), é uma sensação agoniante no acompanhar da aventura. Por isso, eis aqui minha lista de livros para ler ainda esse ano:

  1. Biblioteca das Almas (Orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares): essa aventura está realmente boa! Li o primeiro livro em cerca de 5 dias (sim, quando eu gosto da história, eu devoro o livro) e, para você entender o enredo, deve comprar os dois primeiros (eu fiz resenha do primeiro livro aqui) e garanto: você não vai se arrepender!
  2. Filhos do Éden: Paraíso perdido: esse é o terceiro livro da saga A Batalha do Apocalipse do Eduardo Spohr. O segundo é grande, demorei um pouco mais para ler, até porque fiquei com medo de ler muito rápido e ficar sofrendo para continuar a história. Não adiantou, estou sofrendo do mesmo jeito!
  3. Asylum Saga: esse confesso que é um pouco confuso. A autora, Madeleine Roux, além de escrever a sequencia da história propriamente dita, colocou entre uma publicação e outra, o que seriam capítulos a parte relacionados a história. É confuso saber qual é a continuação do quê, mas a história te prende de um jeito que te obriga a continuar lendo.
  4. O demonologista: na minha busca por livros de suspense/terror/horror eis que encontrei esse título - que me chamou muita atenção, diga-se de passagem. O personagem (que dá nome ao livro), especialista na figura literária do Diabo é convidado para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural na Venezuela... Interessante, não?
  5. A mulher de preto: numa busca no site da Saraiva por novos livros, me deparei com esse título, cujo a sinopse me chamou muito a atenção: Um mofo preto que parece se esgueirar pelas paredes, pesadelos angustiantes e um ruído aterrador vindo do porão à noite. 
    Edward, uma das crianças do grupo, tem um passado trágico. 
    Logo os novos residentes da Casa do Brejo da Enguia percebem que há mais uma pessoa entre eles. E ela parece ter planos para os visitantes. 
    Após testemunhar a morte da mãe em um ataque aéreo, ele se retrai completamente. Sempre afastado, busca consolo em um fantoche que encontra na casa. No entanto, longe de ser apenas um brinquedo, o boneco parece servir de instrumento para o menino conversar com alguém.
  6. Dá-me teus olhos: confesso que fiquei curiosa por causa da capa. Um assassino que retira os olhos de suas vítimas (pelo o que eu li, na maioria mulheres) e as deixam nuas pelo caminho? Espero que seja um livro bom, afinal, estou julgando-o pela capa!
  7. São Cipriano - Capa Preta e Capa Prata: esse livro era (talvez ainda seja) usado para rituais de magia negra. Sim, magia negra!!!  Eu não sei qual é a diferença entre o capa preta e o prata, mas sei que o capa preta tem alguns rituais e encantos. Não que eu vá fazer, pois não consegui nem assistir atividade paranormal inteiro. Mas acho muito interessante por causa da história. 
Tirando o último título (que é mais polêmico do que mamilos #oldbutgold) acho bem interessante que você busque mais informações a respeito. Se você já tiver lido algum deles, escreve o que achou aqui nos comentários!