Eu nunca fui uma pessoa determinada. Aliás, muito pelo contrário: sempre motivei os outros mas nunca tive força pra continuar com nada na minha vida (com exceção de poucas coisas). Eu fiz cerca de 3 anos numa federal de turismo (sim, entrei numa federal), e tranquei a contra gosto do meu pai. Eu já estava de saco cheio de turismo, de lidar com gente... Foi nessa época que comecei a desenvolver aversão a gente.

Fiz 1 ano de Estética e Cosmetologia e também larguei. Nesse caso eu me enjuriei com meu grupo de projeto aplicado (um tipo de TCC, instrumento de tortura psicológica que tínhamos que fazer todo semestre), onde os alunos do meu grupo não sabiam e muito menos se interessavam em saber como se fazia a porra de uma citação direta. Não faziam nada direito e nem se esforçavam pra isso. Eu já odiava fazer trabalho em grupo e depois disso, passei a odiar ainda mais.

Se eu me sinto uma fracassada com isso? Um pouco pela faculdade de Estética. Não pelo dinheiro perdido (que eu acho que não foi, aprendi bastante coisa nesse 1 ano) e isso, a gente trabalha pra conseguir. O sentimento de fracasso vai muito mais fundo e essa, é só a ponta do iceberg. Eu tenho uma constante falta de motivação que, está se alastrando para outras áreas da minha vida e começando a deixar a minha ansiedade em alerta.
Ainda não encontrei a motivação necessária para ir à academia todos os dias, mesmo sabendo que estou acima do peso. Isso faz com que meu cérebro trabalhe em modo reverso e ative o lado negro do meu psicológico, que eu chamo carinhosamente de Demônio. Ele está mais presente que nunca (devido a alguns acontecimentos da minha vida de uns tempos pra cá), onde a parte positiva da minha consciência diz "calma, vai ficar tudo bem" e o demônio diz "nada do que você fizer vai dar certo". E o pior: eu sempre acabo acreditando no lado errado.

Eu não me importo com o que os outros digam de mim, sério... Até por que EU MESMA consigo fazer comentários bem piores sobre minha pessoa. Apesar de tudo, meu corpo sente uma extrema vontade de mudança (embora minha ansiedade seja curada com vários doces e isoporzitos) e no fundo eu sei que eu estagnei por conta própria, foi somente minha culpa. Meus demônios são diariamente alimentados com meus desânimos.
Aos poucos, esses demônios morrem, mas meu subconsciente trabalha para substitui-los. Talvez eu esteja ficando mais forte. Talvez eu tenha me acostumado a essas vozes na minha cabeça, que não falam muito menos me aconselham... Mas sei de uma coisa, uma única coisa: eu preciso ser a mudança. 




Estava eu caminhando pelos corredores do Shopping Miramar/Santos com a minha mãe quando ela decide comprar um perfume na loja O Boticário. Até aí, problema nenhum, pois acabei comprando um perfume para mim também, mesmo não usando muito.

Aí, a vendedora, que fui muito simpática, disse que as maquiagens da linha Intense estavam com desconto de 20%. Isso só pode ser Satanás querendo esbagaçar minha meta de gastar pouco no cartão de crédito (e conseguiu, pois já estou com os dois pés na jaca)!

Preciso dizer que não resisti? Comprei um batom da linha Intense, que estava com 20% de desconto. Ele tem uma embalagem bem bonita, com design diferente dos que eu estou acostumada a ver nas prateleiras.

Comprei o n° 330, entitulado de "Loucuras". É um vermelho bem aberto, mas pode ter variação de tonalidade por conta da cor da boca. Para que isso não ocorra, aplique base e pó compacto nos lábios antes de aplicar o batom.

O batom tem cobertura matte, porém, ele não deixa os lábios com aquela sensação horrorosa de "secura" que sai rachando Deus e o mundo! O toque dele (digo, textura nos lábios) é bastante semelhante ao meu vermelho da MAC. Puro glamour.



O Boticário lipstick
Just walking around with my mom through Praiamar Shopping Mall/Santos, we decided to get in the O Boticário ("The Apothecary" free translated) to buy a new perfum for her. Tip: when you get in a fragancy store carry with you some ground coffee, it would help to get smelling again.

I was chosing a perfume for when when saleswoman told me that makeup was on sale.... MAKEUP ON SALE??? I just freaked out a little and checked it around some stuff of it. I spent my money on perfume but I got to myself another shade of red lipstick from the store (or do you thought I will leave without any cosmetic?).

It is a matte texture from Intense Collection from O Boticário store. The packing is small, red and has a different design from most of lipstick I know. It is a "open red" shade and has no dryness feeling on lips a few hours using it. Surely I will buy another one when that over it.


Olhe só pra mim, hoje em dia uma mulher feita... Gênio forte, respondona, a que sabe o que quer e o que não quer. Nada disso seria possível se não fosse por você, o meu herói, o que não chora muito menos senti dor (ou apenas não demonstra): meu pai.

Antes eu me orgulhava em ser comparada a você, ou simplesmente tirava como elogio quando diziam "você é igual ao seu pai". Quem podia prever que isso mudaria em mim? Eu sempre tive o melhor exemplo de como um homem deveria ser... Mas hoje em dia eu mal posso lidar com isso.

Talvez eu tenha me enrolado na própria imagem que eu criei na mente, como se você fosse o homem perfeito. Eu me enganei. Eu sofri. Eu simplesmente não posso acreditar que o homem que me ensinou tudo o que um homem de verdade é esteja fazendo tudo pelo contrário.

Eu sofro, e continuo sofrendo por não aceitar a realidade que vivo hoje. Onde está o marido amoroso e companheiro com quem convivi por mais de 20 anos? Eu não quero uma pessoa assim do meu lado, enquanto eu me desdobro para trabalhar, estudar e cuidar da casa enquanto meu marido passa o dia assistindo filme e reclamando que a casa está suja.

Você deseja um marido assim para mim? Você foi e é (quando você quer e lhe convém) um pai maravilhoso, mas ainda não consigo entender o que passa na sua cabeça. Não fui criada para ser uma mulher antiga que vivia para a casa, por que cobra tanto da esposa? 

Eu me lembro do dia do seu acidente. Naquele dia eu sofri. Naquele dia coloquei você num pedestal ainda maior do que o de um herói. Hoje em dia eu sofro por não reconhecer em nenhum traço o homem que me ensinou como um homem deve ser...

Primeiro dia dos pais sem você, o primeiro dia onde eu não sei se me sinto culpada por não querer comemorar a data ou por não sentir a menor vontade de te desejar parabéns pelo dia. Sabe o que é pior? Eu sinto mágoa por tudo o que aconteceu, mas infelizmente eu não consigo te odiar por completo.

Comecei a usar na segunda (4 de julho) esse produto de logo engraçado: "Abaixo a ditadura dos Lisos!"(parece até cartaz de manifestação, não é?). Sabe aquela onda de No Poo e Low Poo (para aquelas que ainda precisam de espuma para viver)? Então, meio que resolvi aderir para ter cachos ainda mais bonitos!

Não que eu tenha entrado de cabeça nisso, até por que eu não fico lendo rótulo de shampoo a ponto de saber quais tem sulfato e quais não tem, porém, senti meu cabelo MUITO MAIS MACIO usando o shampoo e condicionador da marca (o condicionador também é usado para "lavar").

Como eu disse acima, eu não entrei de cabeça na onda do Loo Poo, porém com esses dois produtos (que foram indicados pela Tatiana Rangel) foram o suficiente para eu perceber uma enooorme diferença na textura do meu cabelo.

Todos nós sabemos que cabelo cacheado já é seco por natureza, já que a oleosidade natural não consegue "escorregar" pelas curvas dos fios e acaba acumulado no couro cabeludo, deixando o couro oleoso e as pontas secas. Já no caso dos cabelos lisos, a oleosidade consegue "escorregar" até demais, deixando os fios muito oleosos, por assim dizer.

Ele não contém sulfatos, corantes sintéticos, ftalatos (dá aspecto cremoso), OGMs (componentes geneticamente modificados, sal, parabenos (maleabilidade, hidratação capilar), óleo mineral (emoliente, hidratante capilar), parafina (separa componentes líquidos dos oleosos) e derivados de animais.

Porque amei esse produto? Por que não deixa meu cabelo com aspecto ressecado depois do uso do shampoo e além de hidratar, mantem o formato dos meus cachinhos e a cor azul do meu cabelo! Aprovadíssimo!!

Eu sei, eu sei... O Outono já acabou, porém, tenho certeza que você usa algumas das cores que ele nos deixou nesse inverno brasileiro (que as vezes parece verão), certo? Pensando nessas cores, criei algumas maquiagens inspiradas nessas cores.












Embora estejamos no Inverno, o Outono traz muitas cores que, além de caracterizar a estação como o vermelho, verde musgo e laranja, deixa também uma infinita possibilidades de combinações com as mais variadas peças e estilos. Separei algumas do Pinterest para ilustrar:














A cor predominante que rege o Outono é o marrom, sem sombra de dúvida! Com as cores puxando para o amarelo e azul (digo subtom), misture marrom com outras cores dessa paleta e você não terá chance de erros!



















Já para os vale a mesma regra: misture marrom com as cores da paleta de Outono que além de ficar charmoso, fica extremamente elegante!